Educação Financeira para todos

02 de julho de 2018

Como curtir as férias sem gastar muito?

Para curtir suas férias sem gastar muito, estabelecer um orçamento realista vai ajudar você a responder a primeira questão: quanto posso gastar? Assim, é possível definir se, nesse momento, é viável viajar, ou será melhor esperar um pouco e colocar as contas em dia.

Comece uma ampla pesquisa sobre as atrações que o destino oferece e seus custos. Selecione aquelas que fazem sentido para você, de acordo com suas preferências e seu planejamento de viagem.

Evite surpresas, estabelecendo uma meta de gastos de viagem e seguindo-a criteriosamente. Tenha cuidado com o uso do cartão de crédito em viagens internacionais, em que as compras estão sujeitas à variação do câmbio e à cobrança de IOF (Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros).

Quanto mais você souber sobre o local que está visitando, maiores serão suas chances de economizar na viagem. Para fugir de ciladas, entre em fóruns de viagens para conhecer a avaliação média dos visitantes que já conhecem o lugar, ou faça uma pesquisa entre amigos.

Há muitas dicas de como se divertir nas férias com pouco dinheiro: passeios gratuitos em determinados dias da semana, hospedagens mais baratas em cidades vizinhas, moradores locais que abrem suas portas para oferecer refeições típicas, lugares ainda pouco explorados pelo turismo etc.

Pensar na logística na hora dos passeios é fundamental para aproveitar o acesso a atrações que estão próximas umas das outras.

Alugar um carro, contratar um transfer, utilizar taxi e aplicativos, transporte marítimo ou o transporte público? Depende. Cada local apresenta uma realidade e pesquisar é fundamental. Imagine alugar um carro para explorar determinada região, e descobrir que tudo pode ser feito facilmente a pé?

As possibilidades de economia são diversas: companhias áreas possuem convênios atrativos com locadoras, o transporte público pode ser tão eficiente quanto a contratação de um transfer, há diferença entre pegar um taxi na porta do aeroporto ou a dois quarteirões de distância etc.

Veja como curtir suas férias sem gastar muito. Aprenda a proteger seu orçamento e se planejar com antecedência

Equilibre os gastos com alimentação
Como é comum passar a maior parte do dia passeando, tenha sempre na sua mochila água e lanches leves. Nos pontos turísticos, esses produtos costumam ficar bem mais caros.

O almoço costuma ser mais barato que o jantar. Uma boa saída é tomar um café da manhã bem reforçado, postergar um pouco o horário do almoço e optar por um lanche mais leve no jantar. Se decidir investir no jantar, escolha economizar nas outras refeições. Assim, você não deixa de aproveitar nada!

Viagens curtas
Caso opte por viajar de carro, o importante é verificar com atenção as condições do veículo (se está com a manutenção em dia) e traçar o seu roteiro.

Na praia, os preços costumam ser bem mais convidativos no inverno. Apesar de a temperatura mais amena, os dias costumam ser bastante ensolarados, permitindo curtir bastante e, principalmente, com tranquilidade, já que o “agito” de inverno são as regiões serranas, com temperaturas baixíssimas e preços nas alturas.

Férias em casa!
Não dá mais tempo para viajar nas férias? Você e sua família podem garantir descanso e diversão na sua cidade mesmo, ou fazendo viagens de curta distância, visitando parques, passando o dia em algum lugar diferente.

Seja viajando, ou em casa, lembre-se de listar todas as suas despesas de férias e estabelecer um controle mais firme do seu orçamento. Bom descanso!

Links relacionados

Organize suas finanças para as férias
http://financaspraticas.com.br/planejar/fases-da-vida/planejamento-de-viagem/organize-suas-financas

Planejamento de viagem
http://financaspraticas.com.br/planejar/fases-da-vida/planejamento-de-viagem

Compartilhar


Compartilhar