Educação Financeira para todos

A praticidade do cartão de débito exige boa dose de organização e disciplina. Afinal, você não precisa de dinheiro na carteira: pode utilizar o cartão para gastos de menor ou maior valor (dependendo das regras e limites estabelecidos pelo seu banco), com segurança.

Controle suas contas!

Com o cartão de débito, o valor pago é descontado na hora da sua conta. E como controlar os gastos? Veja só um exemplo prático: imagine que, em um fim de semana, você pagou as seguintes despesas com seu cartão de débito:

  • Lavagem do carro – R$ 30
  • Lanche no shopping – R$ 25
  • Cinema – R$ 35
  • Estacionamento: R$ 7
  • Pizza – R$ 35
  • Almoço de domingo – R$ 50

Somando tudo, foram gastos, no cartão, R$ 187. A intenção não é julgar se o valor foi alto ou não. O objetivo é conscientizá-lo quanto à necessidade de controle, para que as despesas caibam no seu orçamento.

Como controlar?
Para que os gastos não saiam do seu planejamento, siga alguns passos:

  • tenha a sua planilha de orçamento sempre atualizada, com suas receitas e despesas;
  • observe bem o valor pago e guarde os comprovantes, para posterior conferência;
  • monitore seu extrato bancário com atenção, verificando se as despesas listadas aconteceram realmente;
  • programe-se para os gastos, estabelecendo um limite para isso. Por exemplo: no próximo fim de semana posso gastar até R$ 100. Vá controlando atentamente cada despesa, assim não quebrará sua previsão.

Use a praticidade e a segurança que o cartão de débito oferece a seu favor. Nunca faça dessas vantagens uma desculpa para seu descontrole financeiro. Trata-se de um meio de pagamento e, como tal, deve ser utilizado com responsabilidade. Pense nisso!

Controle suas contas!

Compartilhar