Atualização de privacidade

Lançamos nosso Centro de Privacidade e atualizamos o Aviso de Privacidade. Saiba mais. >

Educação Financeira para todos

O pagamento do 13º salário é uma excelente oportunidade para colocar as finanças em dia. Antes de sair por aí realizando todos os sonhos de consumo, planeje de forma consciente o uso do benefício.

5 dicas para usar 13º salário de forma consciente

Use o décimo terceiro para pagar dívidas
Priorize o pagamento das dívidas em atraso e com juros maiores. Entrar no rotativo do cartão de crédito e usar o cheque especial como complemento da renda pode complicar a vida financeira de muitas pessoas.

Se possível, antecipe o pagamento de parcelamentos que representarem boa vantagem financeira, como a redução de juros. As demais contas previstas no orçamento devem ser mantidas no planejamento mensal, assim você pode investir o que sobrar de forma mais estratégica.

Pague despesas extras à vista
Se você deixou o planejamento financeiro de lado ao longo do ano, é possível que não esteja preparado para as despesas extras típicas desta época (Festas, férias, 13º salário dos empregados etc.) e os gastos de início do próximo ano (despesas escolares, IPTU, IPVA etc.).

Utilize parte da renda extra para negociar tudo à vista com desconto, bem como evite entrar em novos parcelamentos. Use a criatividade: troque a viagem internacional por roteiros nacionais, presenteie com pequenas lembranças ou organize um amigo secreto entre os amigos e familiares.

Use o décimo terceiro para se presentear
Ninguém é de ferro e o décimo terceiro salário também pode servir para realizar sonhos. Depois de direcionar o seu dinheiro, considerando as prioridades no seu orçamento, é hora de reservar um valor para se presentear.

Viajar, mudar a decoração da casa, comprar uma TV nova ou trocar o celular. Vale tudo, desde que sua escolha caiba no bolso e não implique em novas dívidas parceladas.

É importante poupar dinheiro
Lembre-se que o dinheiro deve trabalhar a seu favor, e não o contrário. Aproveite o momento para criar uma cultura de poupança e usar a renda extra para compor uma reserva financeira ou reforçar os investimentos já existentes.

Faça uma verdadeira faxina no orçamento, eliminando todos os gastos supérfluos. Defina objetivos de curto (até 1 ano), médio (1 a 5 anos) e longo prazo (acima de 5 anos) para não perder o foco ao longo do caminho.

Monte seu planejamento financeiro para o próximo ano
Pensando no curto prazo, liste todas as despesas extras e divida o custo em 12 parcelas. Este é valor que você deverá aplicar mensalmente para, ao final de um ano, ter dinheiro suficiente para arcar com esses gastos sem mexer no seu 13º salário.

Assim, sem dívidas ou necessidade de cobrir gastos extras, o seu décimo terceiro poderá ser inteiramente destinado à conquista de sonhos de médio prazo, como a realização de um MBA; ou longo prazo, como o planejamento da aposentadoria, por exemplo.

5 dicas para usar 13º salário de forma consciente

Compartilhar