Educação Financeira para todos

Quando se fala em planejamento financeiro para a aposentadoria, recomenda-se considerar alguns fatores, tais como a idade em que você pretende parar de trabalhar e com qual renda deverá contar, certo? 

Reveja decisões

O planejamento financeiro voltado ao seu futuro tem como objetivo a poupança de recursos com vista ao longo prazo, de forma a você garantir renda complementar a que irá receber do INSS, assegurando melhor qualidade de vida.

A vez da sobrevida
Existe outro aspecto a considerar no seu planejamento e, talvez hoje, o mais importante: a sobrevida. Você sabe o que isso significa? 

Em função da maior expectativa de vida (brasileiros estão vivendo por mais tempo), noticiada ano após ano, imagine que, ao iniciar um planejamento financeiro aos 30 anos de idade, você queira se aposentar aos 60 anos e suponha viver até os 80 (serão 20 anos de sobrevida).

No entanto, quando chegar à idade de se aposentar, é esperado que esta sobrevida seja ainda maior do que você planejou (por exemplo: ao chegar aos 60 anos, deve viver até os 85 anos, sobrevida cinco anos superior ao seu planejamento). Como garantir sustento para este período adicional?

Adapte seus planos
Esteja preparado, com o passar do tempo, para mudar sua estratégia: seja poupando mais recursos ou até adiando sua aposentadoria. E por que não? 

Respeitando as diferentes etapas da vida (momentos em que você pode poupar mais, ou menos, em função de chegada dos filhos, ascensão na carreira etc.), aprenda a olhar sempre para o seu futuro.

E, perto da idade prevista para a aposentadoria, esteja aberto a rever seus planos e continuar trabalhando por mais tempo, principalmente se estiver em um bom momento profissional e houver oportunidade de se manter na ativa. Assim, poderá garantir uma renda após os 60 anos, acumulando mais recursos. Pense nisso!

Reveja decisões

Compartilhar