Educação Financeira para todos

(19junho2017) – Pronto! Você resolveu organizar sua vida financeira e fez sua planilha: colocou tudo lá, receitas, despesas. Mas não tem visto resultados. Onde será que errou?

Com que frequência monitorar planilha de orçamento?

Um dos principais pontos a observar é a frequência com que você monitora a sua planilha. Principalmente no início, de pouco adianta relacionar todas as informações, se você quase não mexe nelas!

A planilha de orçamento deve ser mensal, o que não significa que você deve olhá-la a cada trinta dias.  É importante atualizá-la sempre e quem determina esse ritmo é você!

Crie seu ritmo!
Cada pessoa deve encontrar seu ritmo, encaixando na sua rotina a tarefa de observar a planilha de orçamento. No início, recomenda-se um acompanhamento quase diário: assim, você se conscientiza dos seus gastos, pode analisar hábitos e rever sua estratégia sempre que achar necessário.

Esse monitoramento é essencial principalmente para identificar as despesas que passam despercebidas. Na planilha, é natural lembrar sempre dos gastos convencionais, que todos os meses aparecem:

  • as contas da casa (financiamento, aluguel, seguro residencial, condomínio, água, luz, gás, telefone, segurança, doméstica etc.),
  • do carro (prestação, seguro, estacionamento, mecânico etc.),
  • de educação (cursos, escola dos filhos, gastos com material didático, lanche, uniforme etc.), alimentação, saúde etc.

Mas, no dia a dia, você vai poder relacionar quanto gastou na padaria, relacionar as despesas extras do fim de semana e, assim, identificar para onde está indo o seu dinheiro e se há formas de conter os gastos ou, então, mudar o foco das despesas: por exemplo, deixar de almoçar fora no domingo para fazer um passeio diferente no sábado seguinte.

Quanto mais completa e próxima da sua realidade for a planilha, melhor! Relacione cada nova despesa, monitore seus extratos bancários, a fatura do seu cartão de crédito, as contas a pagar e liste tudo! Inclua eventuais cheques pré-datados que tenha emitido, compras de pequeno valor etc.

A planilha é um excelente termômetro da sua situação financeira. Para planejar, para estabelecer sua estratégia, você precisa ter elementos concretos. É isso que sua planilha pretende mostrar, possibilitando a realização de muitos sonhos!

Com que frequência monitorar planilha de orçamento?

Compartilhar