Educação Financeira para todos

A cada passagem de semestre, ou quando se fala na volta às aulas, vem a preocupação: vou conseguir pagar todas as mensalidades desta vez? Os custos com a educação realmente não são baixos. Material escolar, uniforme e, claro, as mensalidades tomam conta do orçamento de qualquer família.

Bolsas de estudo

No entanto, educação é um investimento que pode trazer grandes retornos e exige planejamento em qualquer época do ano. Além disso, existem várias maneiras que podem ajudá-lo a manter os estudos e, consequentemente, o orçamento em dia, como a bolsa de estudos, por exemplo:

Bolsas de vários tipos e modelos
As bolsas podem ser integrais ou parciais e são oferecidas tanto para ensino fundamental, como médio e superior, além de especialização, mestrado e doutorado.

Após escolher uma instituição de ensino de qualidade para estudar, informe-se sobre as possibilidades que o próprio local oferece. Parentes estudando na mesma instituição, por exemplo, podem render alguns descontos.

Perfil do estudante bolsista
Não precisa ser um gênio para se candidatar a uma bolsa de estudos. Alguns acreditam que apenas os estudantes excelentes conseguem o beneficio, mas não é verdade. É fato que a instituição não vai manter uma pessoa que não tenha o mínimo interesse, mas alunos um pouco acima da média e que demonstram dedicação e vontade são alvo das instituições.

Além do interesse comercial de manter bons alunos no quadro, muitas instituições veem a absorção de alunos de baixa renda como uma função.

Mexa-se!
Existem alguns pontos fundamentais para se conseguir uma bolsa de estudo. Além de se informar sobre todas as possibilidades possíveis e de fazer uma boa busca na internet, o importante é tomar a iniciativa e candidatar-se. Por melhor aluno que você seja, nenhuma oportunidade cairá do céu, se não demonstrar interesse.

Inscreva-se, participe de processos seletivos, faça provas, elabore currículos e, acima de tudo, conheça os prazos.

Para uma melhor organização, grande parte das instituições estabelece prazos para inscrição, análise e convocação dos beneficiados. Essas datas podem variar, portanto, informe-se sobre a antecedência que o local exige para a inscrição dos pedidos de bolsa e planeje-se.

Documentação necessária
Documentos também são importantes. Muitas pessoas perdem oportunidades por não enviar os documentos corretos. Separe declarações de Imposto de Renda, holerites, recibos de aluguel, histórico escolar, diplomas de outros cursos, além dos documentos pessoais.

Providencie cópias autenticadas e fotografias recentes. Mesmo que alguns desses documentos não sejam exigidos, é melhor sobrar do que faltar. E se eles pedirem algo a mais, fica mais fácil ir atrás de um do que de vários documentos na última hora. 

Ajuda financeira
A universidade pode ser cara. Muitas pessoas não podem assumir os custos da universidade de uma só vez e precisam de ajuda. As melhores fontes de ajuda financeira são as bolsas e incentivos do governo que você não tem que devolver.

Conheça algumas opções: 

  • FIES - Programa de Financiamento Estudantil

O FIES é uma linha de crédito concedida pelo MEC, que possibilita o financiamento de 50% a 100% do valor do curso para os alunos matriculados no nível superior, dependendo de sua renda familiar, com uma taxa de juros fixa. Os pagamentos começam já durante a faculdade, em parcelas pequenas, e devem ser concluídos num prazo equivalente a uma vez e meia a mais que a duração de seu curso. O FIES exige um fiador.

Para saber mais sobre o FIES - Programa de Financiamento Estudantil, acesse: http://sisfiesportal.mec.gov.br

Para ter acesso às novas regras de Financiamento do FIES, acesse:
http://sisfiesportal.mec.gov.br/?pagina=condicoes

  • Crédito Estudantil Privado

Alguns bancos e instituições financeiras privadas oferecem linhas de crédito especiais para financiar as mensalidades universitárias. Cada uma delas tem suas próprias regras e condições, mas geralmente permitem que só se comece a pagar o financiamento após a conclusão do curso. Consulte o seu banco para saber se ele que oferece linhas de crédito estudantil.

  • Bolsas e ajuda baseada em mérito

Se você deseja estudar em uma determinada universidade e não pode pagá-la, não se dê por vencido! Pesquise todas as bolsas, os incentivos e outros programas disponíveis para essa universidade. Muitas instituições oferecem bolsas parciais ou integrais para estudantes com bom desempenho no ENEM ou no vestibular, desde que comprovem não ter renda suficiente para arcar com as mensalidades.

Bolsas de estudo

Compartilhar