Educação Financeira para todos

Família unida planeja unida! Se, por um lado, as despesas aumentam com a chegada dos filhos, por outro você ganha maior motivação para realizar sonhos e proporcionar o melhor para as pessoas que ama.

A união faz a força!

A palavra de ordem continua sendo: planejamento. Mãos à obra!

Reunião financeira em família
Sempre que possível, a família deve se reunir para conversar sobre suas finanças. Este hábito permite avaliar calma e racionalmente onde estão, determinando se suas metas financeiras foram alteradas e definindo meios para atingi-las.

Outros assuntos que podem entrar na pauta da reunião de vocês:

Documentos importantes
É recomendável que os documentos importantes da casa não fiquem sob a responsabilidade de uma pessoa só, pois isso cria dependência.

Estamos falando aqui de apólices de seguro, contas a pagar, testamentos, recibos de imposto de renda, números de contas bancárias, dados específicos de investimentos, passaportes, certidões e tantos outros documentos.

Dívidas e bens correntes
Tenham sempre controle de suas receitas, despesas e, obviamente, suas dívidas. Somem tudo. Façam o mesmo com os seus bens. Entendam como seu dinheiro está trabalhando para vocês, e tentem determinar se ele deveria estar trabalhando melhor. 

Orçamento
Tenha uma ideia de onde vocês estão gastando seu dinheiro. Se seus gastos não correspondem às suas prioridades, façam uma análise de seu orçamento, para ajudá-los a tirar o máximo de sua renda.

Metas
Reexaminem as metas financeiras feitas por vocês na última reunião. Estão progredindo para a realização destas metas? Esses objetivos ainda são importantes para todos vocês? Conversem sobre outras possibilidades nas quais gostariam de trabalhar, tanto de curto como de longo prazo. 

Vulnerabilidades
Descubram quais são os pontos fracos de sua estrutura financeira. Vocês têm dívidas demais? As rendas ou os empregos de vocês não são seguros? Vocês têm renda insuficiente para cobrir seus gastos? 

Basta identificar essas fraquezas para ajudá-los a evitar algumas armadilhas. Mas vocês devem também conversar sobre como podem fortalecer essas áreas e incorporar essas estratégias em suas metas financeiras.

Responsabilidades cotidianas
A divisão de responsabilidades que vocês fizeram ainda é prática? Ela está funcionando ou existe um de vocês que se sente sobrecarregado? 

Autoconhecimento
O que vocês têm aprendido sobre finanças, como se sentem com relação ao dinheiro? É sempre bom falar abertamente sobre este assunto.

A união faz a força!

Compartilhar