Educação Financeira para todos

Quando se fala em Educação Financeira, um assunto gera bastante questionamento: ter dívidas é sempre ruim? 

Endividamento e inadimplência

Feito de forma consciente, o uso do crédito é bastante positivo, e necessário, principalmente na realização de alguns sonhos, quando envolvem bens de maior valor, tais como:

  • comprar uma casa;
  • comprar carro;
  • adquirir um eletrodoméstico, como fogão ou geladeira;
  • trocar sua TV por uma mais moderna.

Ao fazer um financiamento, ou mesmo ao usar seu cartão de crédito, você está assumindo uma dívida. Portanto, endividado é aquele que tem uma dívida a pagar.

Por exemplo: se você tem prestações do carro a pagar, ou financiou seu apartamento, você está endividado. Tem os prazos de pagamento sob controle e suas contas em dia, mas tem dívida. Neste caso, o crédito, tomado de forma consciente e planejada, lhe permite realizar o que deseja. 

Há parcelas em atraso?
Agora, se você deixou de pagar alguma parcela do seu financiamento, ou mesmo perdeu o prazo de alguma conta, fatura do cartão ou vencimento do condomínio, por exemplo, isso significa que você está inadimplente: tinha uma dívida a cumprir, um compromisso financeiro, mas não o fez. 

Costuma-se considerar inadimplência as dívidas em atraso por mais de 90 dias.

Dívidas sob controle
Para que o consumidor não perca o controle de suas contas, planejadores financeiros recomendam nunca comprometer mais de 30% da sua renda líquida em financiamento. O ideal é ficar em 20%, no máximo, por garantia.

Relacione suas dívidas em sua planilha de orçamento, para lembrar sempre que esses compromissos financeiros existem e podem impactar no seu bolso. Controle suas contas!

Endividamento e inadimplência

Compartilhar