Seu assessor financeiro pessoal
Siga o Finanças Práticas
FacebookTwitterYouTube
Finanças para Casais: vida a dois pede planejamento

Férias de julho:Atenção aos gastos de inverno

O inverno é considerado a estação do ano mais elegante, mas todo esse charme implica em maiores gastos. Sendo assim, como curtir a temporada sem abalar seu orçamento? Confira:

promo

Assista ao Fórum de Educação Financeira 2014
Assista o webcast do Fórum de Educação Financeira onde foram discutidas as necessidades de educação financeira para pessoas não-bancarizadas ou com limitada bancarização.
Assista ao webcast

Ações sustentáveis

Em tempos de aquecimento global e de defesa do meio ambiente, um termo que aparece frequentemente, seja na mídia ou nas ruas, é o chamado Consumo Consciente.

Na prática, a pessoa pode, por meio de suas escolhas, maximizar os impactos positivos e minimizar os negativos dos seus atos e, desta forma, contribuir com seu poder de consumo para construir um mundo melhor. Você tem pensado nisso?

Ao contrário do que muitos imaginam, é possível contribuir com a preservação do planeta, por meio de ações simples e que não precisam de investimento financeiro. Assim como se planeja, no presente, um futuro financeiro seguro e tranquilo, é necessário o mesmo pensamento em relação ao meio ambiente. Mas por onde começar?

Dentro de casa

Para cuidar da saúde do planeta e também zelar pelo seu orçamento, não são necessários muitos sacrifícios. Pequenas atitudes, inclusive dentro de casa, já fazem toda a diferença. Veja só:

  • não desperdice água – de acordo com o Instituto Akatu, num apartamento com ducha no banheiro são gastos 160 litros de água em um banho de 10 minutos. A dica é desligar o chuveiro enquanto se ensaboa ou lava os cabelos. A economia chega a ser de 30 mil litros de água em um ano! Desligue a torneira, também, ao escovar os dentes e evite lavar a calçada com frequência, dando preferência ao uso de baldes com água ao invés de mangueiras. Conserte vazamentos e não deixe a torneira pingando.
  • Não desperdice energia – ao comprar um aparelho eletroeletrônico, escolha aquele que possua selo Procel de Economia de Energia. Isso indica que o equipamento economiza energia desde a produção até sua utilização no dia-a-dia. Além disso, evite utilizar os eletroeletrônicos (máquinas de lavar, secar, ferro, chuveiro), entre 17h30 e 20h30, intervalo considerado horário de pico, quando as luzes públicas e residenciais são acionadas. Outros fatores que aumentam o consumo de energia são a não manutenção de sistemas de ventilação e a escolha por lâmpadas comuns ao invés das fluorescentes.

No supermercado

Na hora das compras no supermercado, também é possível pensar no meio-ambiente e no bolso, com atitudes como:

  • consumir verduras, legumes e frutas da estação e regionais: que além de mais saborosos, têm preços mais baixos e um custo reduzido com transporte.
  • elaborar lista de compras: assim é possível adquirir apenas o necessário, evitando o desperdício.

Pequenos gestos, grande diferença

Consumir com consciência não significa deixar de comprar, mas avaliar a decisão de compra e, se necessário, promover uma mudança de hábito quando o assunto é consumo.

De acordo com o Instituto Akatu, três pensamentos devem ser utilizados tanto na hora das compras como em atitudes do dia-a-dia:

  • consumir diferente: avaliando os impactos (nos indivíduos, relações sociais, natureza e economia);
  • consumir solidariamente: pensando no próximo;
  • consumir sustentavelmente: de olho nas próximas gerações.

Pequenas atitudes, repetidas ao longo de muito tempo, fazem a diferença. O importante é dar o primeiro passo e propagar a idéia. Faça a sua parte!