Educação Financeira para todos

04NOVEMBRO2019 — O segredo da saúde financeira de uma empresa não está apenas em garantir ganhos, mas também em conhecer suas despesas e encontrar alternativas de reduzi-las sempre que possível.

Hora de cortar custos na empresa? Saiba como!

Com criatividade e envolvimento da sua equipe, você pode alcançar melhores resultados.

Pesquise e evite exageros
Cortar custos não significa radicalizar no ambiente de trabalho, tirando de sua equipe itens do dia-a-dia que garantam motivação e bem-estar. Muito menos, representa contratar produtos e serviços com preço baixo e pouca qualidade, que poderão lhe gerar problemas depois. Pesquise e analise as opções disponíveis antes de qualquer decisão.

Desenvolva o poder da negociação
Para o sucesso do seu negócio, um bom empreendedor deve desenvolver a habilidade de saber negociar. Na redução de custos, trata-se de ferramenta estratégica, sobretudo no contato com fornecedores.

Ao negociar, você ganha na compra de produtos de melhor qualidade, conquista preços mais baixos e garante prazos mais longos.

Identifique seus custos fixos
As despesas fixas da empresa devem ser listadas detalhadamente em seu fluxo de caixa. Reveja periodicamente esse controle, analisando formas de reduzir esses custos.

Meios de pagamento: veja como usar
Com o cartão empresarial, você controla melhor os gastos da empresa, sobretudo de funcionários que exercem atividades externas e até viagens. Consegue separar melhor as contas pessoais e as da empresa, tem oportunidade de parcelar suas compras e, ainda, otimiza seu fluxo de caixa, deixando suas despesas para uma única data.

Elimine desperdícios
De acordo com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o desperdício é um dos maiores inimigos dos empresários. Como exemplo, cita-se o desperdício de energia, que pode ser causado pelo simples erro de disposição de refrigeradores e fornos, acarretando um consumo 30 a 50% maior que o necessário.

Há, também, os desperdícios de matéria-prima, muitas vezes causados pela falta de calibração adequada de máquinas ou uso de ferramentas, e ainda pelo desconhecimento de normas técnicas que poderiam contribuir para um uso mais eficiente dos recursos humanos e materiais.

Inovação e tecnologia
O Sebrae explica que é possível reduzir despesas, contratando serviços em inovação e tecnologia, listando as seguintes dicas*:

  • Para crescer, o empreendedor deve buscar formas de reavaliar seus processos, a fim de evitar a perda de produtividade, de tempo, de recursos e, principalmente, buscar inovação e otimização como forma de reduzir despesas, ganhar eficiência e controlar níveis de estoque.
  • Automatize a empresa. Existem diversos sistemas disponíveis no mercado capazes de automatizar os setores da empresa: caixa, compras, vendas, estoque, contabilidade, comércio eletrônico, produção, documentos etc.
  • Pesquise soluções que sejam úteis à sua empresa. Há sistemas especializados que permitem economizar em recursos humanos, financeiros, matéria-prima, tempo, além de aumentar a eficiência no controle de estoque, a qualidade de atendimento ao cliente e de negociação com fornecedores, dentre outros.

Links relacionados:
http://financaspraticas.com.br/empreender/gestao-e-negocios-pme/passos-para-a-saude-financeira/hora-do-balanco

http://financaspraticas.com.br/empreender/gestao-e-negocios-pme/gestao-de-equipes/consumo-responsavel-02

http://financaspraticas.com.br/empreender/gestao-e-negocios-pme/passos-para-a-saude-financeira

Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas):
http://www.sebrae.com.br

(*) fonte de pesquisa, 15/10/2019:

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/melhore-a-lucratividade-da-sua-empresa-com-inovacao-e-conhecimento,4e28d53342603410VgnVCM100000b272010aRCRD

Hora de cortar custos na empresa? Saiba como!

Compartilhar